sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Okupalco na Imprensa

O Okupalco da virada cultural do ano de 2015 teve boa repercussão nas mídias sociais, em razão do crescimento e da mobilização da iniciativa. Chamou a atenção de diversos veículos de comunicação que já se prepararam previamente para entrevistar os envolvidos ou de passagem pela praça ramos, vendo o burburinho, se aproximaram para conferir de perto e escrever a respeito do que viam.

Muitos dos repórteres ficaram surpresos em ver um palco improvisado com bandas independentes tocando para um grande número de pessoas que até superava o público de vários palcos oficiais da virada, segundo eles mesmos.

Várias entrevistas foram dadas, mas somente algumas de fato foram publicadas ou colocadas no ar.

Seguem links de alguns sites que estiveram presentes no evento:

Folha de São Paulo:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/06/1645742-punks-protestam-na-virada-com-ocupalco-e-shows-subversivos.shtml

Correio da Cidadania:
http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10879:submanchete220615&catid=29:cultura&Itemid=225

Revista escrita Pulsante
http://revistaescritapulsante.com.br/2015/06/22/o-submundo-da-virada-cultural-o-okupalco-e-a-virada-ilegal/

Olá Metrópole
http://www.olametropole.com.br/virada-cultural-o-underground-invade-o-vale-do-anhangabau/

Revista Megafonia #3 (PDF - Páginas 56 a 60)
https://www.magtab.com/leitor/666/edicao/14624

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Registro Fotográfico - Okupalco no Vale do Anhangabaú - setembro de 2015

No Link a seguir você pode conferir muitas fotos da apresentação da banda Condenados e do improviso com integrantes da banda Pé Sujus presente no evento.

O evento foi realizado no dia 6 de setembro de 2015 no Vale do Anhangabaú / Chafariz da Praça Ramos de Azevedo, o primeiro com a parceria com o Coletivo Voz do Underground, que também será um dos coletivos curadores deste ano,  e contou também com as bandas:

Dizavença
Olhos de Guaxinim
Ataque Fatal
Condenados
Sufocados
Demock PRS
Side Sludge

e uma pequena participação especial improvisada dos músicos da banda Pé Sujus presente em 75% de sua formação para suprir o espaço deixado pelas bandas Los Fuertes, El santo asesino e Fio2 que não puderam se apresentar na data.

Logo logo, assim que consiga outros registros desta data e de outras bandas, colocaremos aqui para a galera conferir!

Confira as fotos aqui:http://rockguanandi.blogspot.com.br/2015/09/pe-sujus-e-condenados.html

Fotos por Ivo Rock

Registro em Vídeo Okupalco 2014 - Banda Amnésia Coletiva tocando "Delinquentes" (Cover do Fogo Cruzado)

Mais um registro em Vídeo de 2014, desta vez com a banda Amnésia Coletiva, de Jacareí (Interior de SP) que participou nas duas edições do Okupalco e que agora também fará parte da produção do Okupalco da Virada este ano como um dos coletivos produtores. Confira aí, quem foi mate a saudade do dia e quem não foi, veja como tudo começou...


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Registros em Vídeo do Okupalco 2015 - Virada Cultural - Parte 1

Agora fiquem com uma tonelada de Vídeos de como foram as (mais de) 24 horas de Okupalco na Virada Cultural do Ano Passado... conforme acharmos mais material, vamos colocando aqui!


Coro de Carcarás em Intervenção Urbana, cortejo que se encerrou no Okupalco. Este momento foi ímpar, pois a banda de Reggae Profecia Viva se apresentava no momento e a banda improvisou junto ao Coro de Carcarás, mostrando a proposta de irmandade e integração.



Banda MUTEx, a segunda a se apresentar na Noite com seu Rock Alternativo. Este Videoclipe produzido por Edson Spitaletti foi totalmente gravado no Okupalco.



Banda Velhos Bohemios, que também teve um Videoclipe produzido em sua apresentação no Okupalco. Mais uma Produção de Edson Spitaletti, registrando esta nova e promissora banda do Punk Rock paulistano.



Banda Vingança 83, Aquecendo a Fria madrugada de inverno com seu Hardcore Frenético sem dó nem piedade.



Banda Asfixia Social, que une os sons e culturas da Rua em seu som, do Hip hop ao Hardcore passando pelo Reggae, agitando a madrugada do Okupalco.



Banda Desacato Civil, que também protagonizou um dos momentos de maior frenesi na madrugada. Vale comentar que o som é Hardcore, mas do morador de rua ao Funkeiro, todo mundo estava na roda confraternizando, fazendo seu rolê valer a pena e na paz.



Banda A Ferramenta, prosseguindo na missão de promover a madrugada mais Hardcore dos últimos tempos. Há vídeos de todas as músicas desta apresentação, logo logo postaremos o show completo.



Banda Amnésia Coletiva, Amanhecendo o dia e mantendo a empolgação do Público.



Banda Útero Punk, mandando um Punk rock na Hora do Almoço. Domingo ensolarado com muita resistência cultural.



Banda Skull Crusher, Iniciando a Tarde de Domingo com mais Hardcore, pra quem achava que na madrugada já tinha tido o suficiente...





Banda Tudo Tem Um Fim, mantendo a qualidade e o peso sonoro no domingo a Tarde



Banda Sempiternal, já no final de Tarde de Domingo. A programação oficial já ia se encerrando, mas o Okupalco ainda tinha muita lenha pra queimar...



Banda Rottura, iniciando a noite de domingo no Okupalco - e o fechamento dos trabalhos, já passando de 24 horas de som sem parar...



Encerrando o Okupalco 2015, já no domingo a noite, com o Público ainda presente sem arredar o pé e mandando ver no Mosh, Banda Vertável.

Algumas bandas ficaram de fora desta postagem. Na próxima faremos a Parte 2 com os registros das bandas não presentes neste Post. Mas como se pode ver, foi animal do inicio ao fim e isso só foi possivel por conta do trabalho conjunto entre os coletivos culturais e o apoio maciço do público que compareceu em peso.

Registro em Video: Okupalco 2014


Registro em Vídeo do Okupalco 2014 - Virada Cultural -



Cinegrafista e Fotógrafo Lucas Macedo, com trechos dos shows das bandas Pé Sujus e Excomungados.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

OKUPALCO: Histórico de atividades e do Coletivo


Coletivo Formado em 2014 por: Fernando Abreu, Julio Pelloso e Pedro Padron - estes dois últimos encontram-se afastados das atividades por questões de trabalho – e Atualmente compõem efetivamente o Coletivo: Fernando Abreu, Gabriel Hamilton e Patricia Figueiredo, realizando eventos em parceria com diversos coletivos.

É uma iniciativa livre e independente nascida em 2014 na época da Virada Cultural de São Paulo, seguindo o exemplo de diversos artistas de rua e coletivos de bandas, como exemplo mais conhecido o Palco Test, consiste em ocupar o espaço público com apresentações artísticas e culturais bem como atividades de função social e inclusivas a todos os participantes, além de estender as atividades a espaços como bares de periferia que aceitam receber as atividades, proporcionando maior oferta de cultura em regiões carentes da mesma, dando função social ao espaço que recebe a iniciativa.


Flyer do 1º Evento do Okupalco - Virada Cultural de 2014

O primeiro evento do Okupalco foi durante a Virada Cultural de São Paulo em maio de 2014, onde, juntamente com o Laboratório Compartilhado TM13, fez parte da “Virada Compartilhada” ou “Virada Ilegal” que durou 4 dias e no caso do Okupalco rolou das 20hs do Sábado ás 04hs do domingo no vale do Anhangabaú em frente a escadaria da Praça Ramos de Azevedo, Simultaneamente a um Soundsystem a poucos metros dali, contando com 8 bandas e com um custo de R$ 390 rateado entre as bandas e apoiadores entre público e lojas underground, recurso financeiro utilizado na locação de equipamentos complementares do backline de palco como PAs de voz, potência e Amplificadores para Guitarra e
Contrabaixo, sendo os outros recursos como mesa de som, potencia, microfone e baterias trazidos pelas próprias bandas, além do rateio com o público para comprar gasolina para o gerador conforme a mesma ia acabando.


Banda Pé Sujus no Okupalco - Virada Cultural 2014



Porém, o segundo evento do Okupalco na Virada Cultural de 2015 que consagrou a iniciativa, que recebe constantemente material de diversas bandas interessadas em tocar no projeto. Com a Junção de 5 Coletivos (Okupalco, Roque Subleste, Open Underground, Desobediência Sonora e Projeto Shadowplay) o Okupalco da Virada Cultural de 2015 teve 24 horas seguidas de programação, com a participação de 30 Bandas e demais intervenções esporádicas como a interação com um grupo de Maracatu que passava pelo local. A “virada dentro da virada” chamou atenção da imprensa que através de diversos veículos noticiou o evento e entrevistou os responsáveis, como a Folha de São Paulo, revista Microfonia, Correio da Cidadania e notas em diversos sites que cobriam a Virada. Simultaneamente á nossa programação e mantendo a parceria com o Laboratório Compartilhado TM13, um baile de soundsystem ocorreu simultaneamente assim como 2014. Por ser uma façanha totalmente independente, o evento custou R$ 2.200 Reais, com gastos entre alugueis de equipamentos, carretos, combustivel para gerador e ajuda de custo a técnico de som.


Flyer do Okupalco da Virada Cultural de 2015


Banda A Ferramenta- Virada Cultural 2015 - Madrugada


Banda Pé Sujus - Virada Cultural 2015 - Manhã

Em Setembro de 2015 mais um evento foi realizado no Vale do Anhangabaú, em parceria com o coletivo Voz do Underground, com a participação de 8 bandas (embora houvessem 10 no flyer, teve banda que faltou) contando mais uma vez com uma boa média de público, e chamando a atenção de todos que passavam pelo vale e pela praça ramos.


Flyer do Evento de Setembro de 2015 


Banda Condenados - Setembro de 2015


Evento de setembro de 2015


Em janeiro de 2016 Faríamos mais um evento autônomo chamado "Virada da Rua" com 8 Bandas e em parceria com os coletivos de Soundsystem. Após sermos avisados pela GCM da impossibilidade de fazer o evento no local de costume, em razão de outros eventos oficiais nas redondezas, negociamos a transferência para a praça do Patriarca. Devidamente tudo acordado entre as partes, fomos para o local, mas o evento não ocorreu por conta de falha no Gerador que infelizmente não funcionou.


Flyer do evento de Janeiro de 2016 - O gerador falhou na missão...

Paralelamente, entre 2014 e 2015 diversos eventos foram realizados com a chancela do Coletivo Okupalco no César Bar, no bairro do Itaim Paulista, extremo leste de São Paulo, batizado por nós nas ocasiões dos eventos como "Espaço Cultural autônomo Okupalco".





Flyer de eventos Realilzados no Cesar Bar no Itaim Paulista sob a chancela Okupalco

Agora para 2016 estamos em processo de legitimação, procurando participar de editais, chamamentos públicos e outras oportunidades, mas sem perder a essência de Ocupar os espaços públicos, fazer de cada praça um espaço cultural, cada bar de periferia ganhar função social através da cultura, que é desenvolvimento e direito constitucional. Estamos nos articulando junto aos coletivos parceiros para o evento na Virada Cultural deste ano, com ou sem apoio da secretaria de cultura, estaremos novamente na virada e onde mais conseguirmos nos encaixar, pois se a rua é do povo, que o povo tome posse! Resistência Cultural!

Bem Vindxs ao Blog do Okupalco!

Mais uma Ferramenta de comunicação do Okupalco pra galera:
Nosso novo Blog!

2016 Promete muitas coisas boas, muitas novidades e surpresas. Nem todo mundo gosta de rede social, do dinamismo e rapidez de transmissão de informações, ás vezes sua curtida na página não garante o aparecimento das novidades no seu feed e portanto, você até acaba esquecendo que a página existe. Siga o Blog! Será sempre atualizado com as novidades, fotos e vídeos de edições anteriores, curiosidades, flyers e divulgações de eventos de coletivos parceiros - afinal Okupalco é mais que um coletivo, é uma iniciativa que dialoga com vários coletivos com um único intuito: Lutar pelo direito á cidade, ao espaço para a cultura de rua e independente, okupando praças, ruas e bares, chamando a atenção e proporcionando cultura, arte e lazer ao alcance de todxs.

Okupalco 2014 - Virada Cultural - Vale do Anhangabaú